Quando o(a) filho(a) perde o direito à pensão alimentícia? - Capelin Advocacia – Escritório de Advocacia em Londrina – Paraná
Capelin advocacia
EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO EM:
|

 

 

 

 
 

Quando o(a) filho(a) perde o direito à pensão alimentícia?

12 de outubro de 2021

Saiba se a pensão alimentícia poderá ser cessada automaticamente quando o alimentado atingir a maioridade ou em alguma outra hipótese.

 

A possibilidade mais comum para cessar o pagamento da pensão alimentícia é a maioridade civil do alimentado(a), ou seja, quando este atinge os 18 anos de idade.

 

Mas, cuidado!

 

O pagamento da pensão alimentícia NÃO cessa automaticamente. O alimentante (quem paga a pensão), deve entrar com um processo denominado Exoneração de Pensão Alimentícia, para que seja determinado judicialmente a sua desobrigação.

 

Por isso, caso o alimentante não tenha realizado o processo de exoneração da pensão alimentícia, ele continuará obrigado a realizar os pagamentos, correndo o risco de sofrer processo de execução, seja pela prisão civil ou pela penhora de bens.

 

Caso o alimentado esteja cursando pré-vestibular, ensino técnico ou superior, a pensão alimentícia poderá ser mantida até os 24 anos. Contudo, desde que o alimentado não possua meios de se sustentar, quando se deverá fazer uma análise do caso concreto.

 

Além da maioridade civil, existem outras hipóteses em que é cabível a exoneração da pensão alimentícia, como, por exemplo, para o filho emancipado, quando o alimentado possui meio de prover o seu sustento, pelo casamento do alimentado, entre outros.

 

E se a filha ficar grávida? Neste caso, somente com a gravidez, a pensão alimentícia não cessaria, desde que a filha não esteja convivendo em união estável.

 

Quando não for cabível a exoneração, o alimentado poderá analisar a possibilidade de solicitar a redução do valor da pensão alimentícia, por meio de uma revisão dos critérios de possibilidade do alimentante, necessidade do alimentado e proporcionalidade (aquele genitor que possui maiores condições, contribui com um valor maior).

 

Entretanto, seja qual for a razão, o alimentante somente ficará desobrigado do pagamento por meio de decisão judicial.

 


 

  Veja Mais
Atenção! Não realizar a admissão do trabalhador pode custar caro.

Atenção! Não realizar a admissão do trabalhador pode custar caro.

Clique aqui e confira mais detalhes sobre Atenção! Não realizar a admissão do trabalhador pode custar caro.

Saiba mais 
Utilizar moto no trabalho garante adicional de periculosidade!

Utilizar moto no trabalho garante adicional de periculosidade!

Clique aqui e confira mais detalhes sobre Utilizar moto no trabalho garante adicional de periculosidade!

Saiba mais 
Trabalhador com exposição a ruído contínuo deve receber adicional de insalubridade!

Trabalhador com exposição a ruído contínuo deve receber adicional de insalubridade!

Clique aqui e confira mais detalhes sobre Trabalhador com exposição a ruído contínuo deve receber adicional de insalubridade!

Saiba mais 
Qual benefício a pessoa com bursite tem direito?

Qual benefício a pessoa com bursite tem direito?

As principais causas da bursite são os movimentos repetitivos de determinadas articulações, bem como o próprio envelhecimento. Isso gera o inchaço da

Saiba mais 
Sofri ruptura de ligamento. Posso receber benefício do INSS?

Sofri ruptura de ligamento. Posso receber benefício do INSS?

Embora a dor no joelho seja extremamente incômoda, o contribuinte deverá demonstrar a incapacidade para o trabalho ou redução de sua capacidade labora

Saiba mais 
A diabetes dá direito a algum benefício previdenciário?

A diabetes dá direito a algum benefício previdenciário?

A diabetes é uma doença que causa incapacidade para o trabalho, sendo que o trabalhador poderá ter direito ao benefício de auxílio-doença, auxílio-aci

Saiba mais 
Exibindo de 1 a 6 resultados (total: 45)
Tecnologia do Google TradutorTradutor